Programas Anteriores - Espanha

Seleção de 60 (sessenta) estudantes brasileiros dos cursos de Bacharelado/Licenciatura/Tecnólogo em Turismo e/ou Hospitalidade interessados em realizar, com bolsas de estudo concedidas pelo Ministério do Turismo e apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), curso de capacitação em técnicas avançadas de gestão do turismo e hospitalidade em escolas de excelência na Espanha.

Galeria de Imagens

Depoimentos de Ex-Bolsistas

Raphael Torres, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, que estudou na Universidad de Las Islas Baleares

“Hoje começamos a prática na empresa e para mim esta é uma das melhores experiências, pois estamos em contato direto com a vida em uma empresa fora do Brasil.”

Helena Soares, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, que estudou na Universidad de Malaga

“Poder participar de um programa do Ministério é muito gratificante, pois podemos ver políticas sendo feitas para fomentar e qualificar a área. Participar do intercâmbio é uma forma de reconhecimento e um incentivo na vida acadêmica.”

Naiara Luisa Silveira, 22, Universidade Federal de São Carlos

“A experiência de viajar é sempre válida. E, para quem trabalha com turismo, é ainda mais importante.”

Lara Brunelly, 21 anos, curso de Gestão de Turismo no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe

“O programa correspondeu as minhas expectativas e ofereceu todo o suporte necessário. É uma experiência de aprendizado muito grande pessoal e principalmente profissional. Através do programa conheci novas tecnologias aplicadas ao turismo, aperfeiçoei meu espanhol, conheci pessoas novas, aprendi muito com professores inteligentíssimos, participei de fóruns e palestras, conheci grandes organizações da área pública e privada e tive a oportunidade de realizar práticas numa empresa turística. Foi uma experiência única, plural e de engrandecimento a qual estou compartilhando com meus colegas próximos e incentivando-os para o próximo, pois é algo possível e dentro da nossa realidade, diferente de como a maioria dos estudantes pensam no meu estado.